Filmes de 18 a 24 de Março de 2011

Na Tela do Cine Ouro Branco

Do dia 18 ao dia 24 de março, estarão em exibição na telona do Cine Ouro Branco dois filmes que você não pode perder. O Besouro Verde (The Green Hornet – EUA, 2010) e O Discurso do Rei (The King´s Speech – Reino Unido, 2010).

O Discurso do Rei

O filme ganhador de quatro estatuetas do Oscar chegou a São João. Considerado o melhor longa de 2010, O Discurso do Rei traz emoção para todos os amantes de cinema. Junto de Colin Firth, ganhador do Oscar de Melhor ator, o sucesso é estrelado por Helena Bonham Carter, Geoffrey Rush e Michel Gambon. 

 

 Sinopse

Desde os 4 anos, George (Colin Firth) é gago. Este é um sério problema para um integrante da realiza britânica, que frequentemente precisa fazer discursos. George procurou diversos médicos, mas nenhum deles trouxe resultados eficazes. Quando sua esposa, Elizabeth (Helena Bonham Carter), o leva até Lionel Logue (Geoffrey Rush), um terapeuta de fala de método pouco convencional, George está desesperançoso. Lionel se coloca de igual para igual com George e atua também como seu psicólogo, de forma a tornar-se seu amigo. Seus exercícios e métodos fazem com que George adquira autoconfiança para cumprir o maior de seus desafios: assumir a coroa, após a abdicação de seu irmão David (Guy Pearce).

O Besouro Verde

Se estiver à procura de aventura, ação, diversão e de quebra dar algumas risadas, a bola da vez é O Besouro Verde. O super herói, fez grande sucesso em uma série de TV nos anos 1960 e, indo na “onda” dos remakes dos grandes sucessos do passado, volta com tudo em 2011. Contando com estrelas como Seth Rogen, Cameron Diaz, Jay Chou e Christoph Waltz o filme é um dos mais assistidos nos cinemas nacionais e internacionais.

Sinopse

Britt Reid (Seth Rogen) está perto dos 30 anos e não quer saber de responsabilidades, dedicando sua vida à diversão. Até o dia em que seu pai morre misteriosamente e ele precisa assumir os negócios da família, ficando a frente de um grande e respeitado jornal. Milionário e entediado, Reid resolve criar um personagem junto com seu fiel funcionário Kato (Jay Chou), fera das artes marciais e grande inventor de máquinas revolucionárias. Cheios de vontade, surge então o Besouro Verde. Só que a cidade está nas garras de Chudnofsky (Christoph Waltz), um criminoso que busca meios der ser mais ameaçador para as pessoas.

Não perca esses sucessos que estão nas telas do Cine Ouro Branco até o dia 24 de março. Lembrando que O Discurso do Rei você pode conferir na sessão das 19:30, e O Besouro Verde na sessão das 21:30. Venha conferir, o Cine Ouro Branco aguarda você!

 

Franco Junior

lfojunior@hotmail.com

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Homem e Sociedade

Homem e Sociedade

Comecei meus estudos na faculdade de Letras, a segunda matéria que estou estudando se chama Homem e Sociedade. Seu objetivo é mostrar e exemplificar as mudanças do homem, desde esteticamente (postura ereta, caixa cerebral grande, polegar, etc.), como culturalmente. É o ponto das mudanças culturais o qual gostaria de expressar minha opinião.

Culturalmente o homem muda por causa de seus costumes, modo de agir, idioma falado, cor de cabelo. Isso tudo pode ser considerado fator cultural vivido pelo homem por meio da socialização. Essa socialização é atingida a partir do momento em que o homem passa a se interagir com outros povos (homens), mudando hábitos, trocando ideias, informações, costumes, ou seja, se influenciando pelas atitudes do outro.

O homem tem o poder de influenciar e se deixar influenciar, pode passar o que sabe fazendo isso uso comum entre os outros, ou receber a influencia e passar a “agir” como os outros.

O ponto no qual gostaria de abordar é o que se presencia diariamente por todos nós e que para mim, ficou mais evidente ontem. O cinema aqui em São João está exibindo o filme O Turista (The Tourist ,2011), fui assisti-lo ontem e vi um cinema com poucas pessoas para um filme tão esperado. Isso mexeu com meus pensamentos, não pelo falo de escrever para o jornal do mesmo, mas pelo fato que recordei da minha infância, adolescência e de hoje no começo da minha caminhada na fase adulta, dos tantos filmes que já assisti e do fascínio que tinha e tenho de ir ao cinema. Onde estão as crianças, adolescentes e adultos, se não no lugar onde marcou e marca a minha vida?

Foi fácil de descobrir. Ao termino do filme, o qual recomendo – é ótimo, sai do cinema junto de minha namorada e nos deparamos com muitos jovens, adolescentes e até adultos sentados nas sarjetas fazendo algo como se fosse a coisa mais certa da vida, enchendo a cara. Não sou contra quem faz isso, cada um sabe o que faz, somos livres para fazer nossas escolhas. Mas o “clímax” no qual quero chegar é em como a sociedade pode influenciar o homem.

A influencia pode ser boa ou má, quem a recebe tem a escolha de seguir a que considera certa ou a errada. O jovem tem o poder de se deixar influenciar ou passar a “sua” influencia aos demais. Ao entrar em um grupo de amigos com o costume de beber, a pessoa que não tem esse costume tem a escolha de continuar sendo quem ela é se mantendo e passando os seus princípios para os outros, os fazendo parar com a bebida ou maneirar. Mas, o que se vê, na maioria das vezes, é o oposto acontecer, a pessoa se deixa influenciar, não segue o que sempre seguiu e passa a ter o costume dos outros, no caso, começa a beber.

Como disse, todos tem a livre escolha de fazer o que bem entender, mas o que quero passar é como a sociedade pode moldar alguém para seguir os passos da “moda”. Como o “errado” passa a ser a opção “certa”. Antes de querer ser alguém “diferente”, busque ser você mesmo, levando os seus princípios aos demais. Se influencie pelo que vá lhe fazer bem e não o que o faça ser uma pessoa diferente/dependente. Homem e Sociedade caminham juntos, um depende do outro. O homem bom faz a sociedade ser algo bom passando a sua influencia na busca da excelência da sociedade, o homem “do mundo” se deixa levar, não tem fé e não tem perspectiva, em outras palavras não é Homem e Sociedade.

Franco Junior

Publicado em Uncategorized | 6 Comentários

Jornal – Cinema Ouro Branco NEWS

Fala pessoal! Estou pontando aqui uma das matérias que escrevi para o jornal desse mês, nela é contada a história de “Seu Zé”, o projetista do cinema, que há 37 anos se dedica à essa “Vida de Cinema”. Obrigado a todos pela ajuda, em especial: Misael, Gaby, Veio e Naty. Segue então a matéria, lembrando que quem ainda não tem sua edição, desse mês, é só retirar gratuitamente no Cine Ouro Branco. Obrigado!

Uma Vida de Cinema

“O que me deixa e me faz feliz, é olhar para baixo e ver toda plateia feliz assistindo aos filmes”

Para muitos, o ato de assistir um filme ou ir ao cinema pode parecer algo normal ou de rotina. Mas isso não se aplica ao caso de “Seu Zé”. Para quem não o conhece, ele é o senhor alegre e boa-praça que muitas vezes está ajudando na entrada do Cine Ouro Branco. Mas essa não é sua função e nem onde começa a sua história.

José Aparecido Coloza, o “Seu Zé” como é conhecido, nasceu no dia 20 de agosto de 1940 na cidade de Águas da Prata, época na qual A Segunda Guerra Mundial ainda estava acontecendo, o que fez com que a produção de filmes na Europa tivesse uma pausa e, em contrapartida, o cinema americano começasse a se erguer junto com a entrada dos Estados Unidos no confronto, produzindo muitos filmes de guerra.

Os anos se passaram e em 1952, quando tinha 12 anos, “Seu Zé” começou a trabalhar na zona rural, em olarias, na produção de tijolos para poder ajudar em sua casa.  Uma infância que logo se tornou a fase adulta, em 1962, aos 22 anos, Zé já morava em São João da Boa Vista, havia abandonado o emprego na olaria e trabalhava em tipografia. Mais tarde, em 1966, se casou com Eunice, um casamento que deu vida a três filhas, Silvia, Sandra e Fabiana.

O ano de 1974 logo chegou e com ele, muitos fatos fizeram com que a vida de “Seu Zé” mudasse, fazendo com que ele finalmente encontrasse sua outra paixão, o cinema. Zé continuou trabalhando em tipografia, mas agora no Jornal Cidade de São João, ao mesmo tempo seu amigo José Anor Romero procurava alguém para ajudá-lo no cinema. Romero era um homem pontual, fazia questão de que tudo ocorresse no tempo certo, seus amigos até brincavam com o fato. O Cine Avenida (atualmente onde é o prédio da Pernambucanas) abria às 7 horas, mas quando faltavam dois minutos, os amigos já olhavam no relógio e se divertiam em ver que ele estava virando a esquina. O convite foi feito por José Anor ter a certeza de que “Seu Zé” daria certo na “vida de cinema”.  Convite aceito, “Seu Zé” passou então a dividir seu tempo com os dois empregos, de dia tipografia no Jornal e à noite no Cine Avenida.

O tempo se passa mais um pouco e outro amigo, André Valentim, em 1984, aparece com outro convite, fazendo “Seu Zé” migrar do Cine Avenida para o Cinema Ouro Branco, onde está até hoje como projetista, fazendo com que os filmes sejam transmitidos com perfeição.

Tendo o cinema como um segundo lar, “Seu Zé” tem momentos marcantes e engraçados nessa sua trajetória. Mas com certeza o momento, ou melhor, o filme que mais marcou sua vida foi Titanic, de 1998.

O filme fez com que o Cine Ouro Branco tivesse lotação máxima todos os dias de exibição. E não foram poucos não, no total foram incríveis 72 dias, sendo três sessões diárias com Titanic na tela do Ouro Branco.

Mas o “momento Titanic” na vida de “Seu Zé” não pararia por ai. Nessa mesma época, sua filha se casou no civil, e onde o pai da noiva estava? Acredite, “Seu Zé” estava no cinema deixando tudo em ordem para mais uma exibição de Titanic, quando voltou, o casório já estava no fim.

Voltando um pouco no tempo, em 1974, “Aladim e a Lâmpada Maravilhosa”, um filme dos Trapalhões, também deixou lembranças na vida de “Seu Zé”, na época, devido à quantidade de público, ainda no Cine Avenida, tiveram que chamar seguranças para que não houvesse confusão.

O único dia da semana que “Seu Zé” não se encontra no cinema é a segunda-feira, quando é sua folga. Ele tem como hobby cuidar dos seus mais de 300 passarinhos e ainda tem tempo para aprender a tocar teclado. Porém, o cinema está sempre ligado em sua cabeça fazendo com que “Seu Zé” deixe tudo marcado e arrumado para que não haja problema nas sessões do Cine Ouro Branco, na sua ausência.

Outro fato curioso, nessa caminhada com o cinema, aconteceu no ano de 2000. Por problemas de saúde, “Seu Zé” teve de ficar hospitalizado, o que pegou todo mundo de surpresa. Foi colocado provisoriamente em seu lugar, outro projetista, mas nem isso o separou do cinema. Com um problema na exibição, o projetista substituto foi até o hospital pedir informações para “Seu Zé”, a fim de que não ocorressem mais problemas.

Após o susto, a vida de “Seu Zé” voltou ao normal, fazendo com que ele continuasse com suas aventuras no cinema.

Com 37 anos dedicados ao cinema, “Seu Zé” coleciona várias aventuras e momentos marcantes. O amor pelo cinema e por sua profissão faz com que cada vez mais aumente sua vontade de estar por trás do projetor, levando alegria a todos os presentes no Cine Ouro Branco.

Essa é a vida e a história de José Aparecido Coloza, o “Seu Zé”, um amante das telonas que tem como sua alegria, olhar pelo vidro do projetor e ver as pessoas felizes na plateia do Cine Ouro Branco.

É um grande prazer para o Cine Ouro Branco ter em seu meio uma pessoa como o “Seu Zé”, um profissional que dedica com muito amor e carinho cada instante em seu trabalho. Essa é uma singela e simples homenagem do Cine Ouro Branco a um homem que se dedicou e vem dedicando sua vida à sua profissão, e por sua paixão, o cinema.

Franco Junior

 

Publicado em Uncategorized | 5 Comentários

A Humildade do “Pardal”

A Humildade do “Pardal”

No décimo ano do século XXI, se falando de futebol, é difícil tocar no assunto humildade. Até o final da década de 90, ainda se encontravam jogadores humildes. Mas atualmente é quase impossível.

A maioria das vezes, um jogador ao chegar a um time grande muda seus hábitos. Compram logo um carro melhor que o do amigo para mostrar quem pode mais. Colocam brincos nas orelhas e usam colares, que certamente um dia os deixaram corcundas de tão pesados.

Mas, isso não aconteceu ao pequeno “Pardalzinho” que “pousou” no time de Palestra Itália. Após ser grande destaque no Vila Nova-GO,  o jovem Max Santos (23), chegou ao Palmeiras e foi motivo de chacota, por parte de jornalistas e torcedores rivais, pelo fato de herdar o apelido de ave do “Pardal mais velho”, seu pai.

Poderia ser mais um caso de jogador que perde a humildade, mas “Pardalzinho” mostrou que a humildade ainda existe. Declarando-se fã do ex-jogador Denílson, atual comentarista da TV Bandeirantes. Max teve a surpresa ao encontrar o ídolo bem no dia de sua apresentação.

Denílson estava fazendo uma matéria na Academia de Futebol do Palmeiras, e no encontro, ao invés de um cumprimento formal como se não estivesse nem ai, o jovem Max despencou-se a chorar de felicidade e emoção, pela realização do sonho.

Uma pequena atitude como essa faz com que Max tenha o apoio até de torcedores rivais, para que quebre a desconfiança e mostre futebol que o levou ao “verdão”. Boa sorte ao “Pardalzinho” e que ele possa, literalmente, voar alto no Palmeiras.

Franco Junior

Publicado em Uncategorized | 5 Comentários

Rivaldo: O camisa 10 do São Paulo

O Prêmio por ser correto

Rivaldo Vitor Borba Ferreira, ou só Rivaldo como é conhecido mundialmente. Pernambucano começou carreira em 1991, pelo Santa Cruz, onde destacou-se transferindo-se ao Mogi Mirim. A equipe conhecida na época como “Carrossel Caipira” fez um grande sucesso e Rivaldo foi contratado junto ao Corinthians, posteriormente trocando a camisa por a do seu maior rival: o Palmeiras.

A partir de então Rivaldo deixou de ser uma aposta, se firmando como realidade. Rapidamente tornou-se ídolo da torcida do “verdão”, o que fez com que ele arrumasse as malas para jogar no futebol espanhol. Lá vieram as glórias, passagens fantásticas por Deportivo La Coruña e o sonho de jogar no Barcelona, onde é ídolo e considerado o melhor jogador do mundo pela FIFA em 1999.

Após o mundial de 2002, onde foi Penta Campeão com a Seleção Brasileira, Rivaldo se transferiu para o Milan, onde jogou por uma temporada, voltando logo após ao Brasil para jogar pelo Cruzeiro. Com uma rápida passagem pelo time de Belo Horizonte foi fazer história no futebol Grego, sendo considerado melhor jogador da liga grega em 2006.  Com seu sucesso na terra de “Zeus” Rivaldo se aventurou em 2008 pelo futebol do Uzbequistão, onde ficou sem receber por um ano, até que entrou em acordo e rescindiu seu contrato para aos 38 anos demonstrar sua gratidão e sua ética ao clube que o projetou. Voltou ao Mogi Mirim para ser presidente e jogar o Campeonato Paulista de 2011 pelo time do interior de São Paulo.

Mas antes mesmo da estréia pelo “Sapão” o prêmio chegou. Rivaldo foi contratado pelo São Paulo. Um presente para coroar tudo que já foi feito por ele à nação brasileira.

Muito se ouve dizer sobre uma falta de ética. “Rivaldo vai ser jogador do São Paulo e presidente do Mogi Mirim, como isso?”, “Como vai ser se nas finas jogar São Paulo x Mogi? Quem vai entregar o jogo para quem?”. Mas, a maior ética dos últimos tempos foi o que já aconteceu. Um jogador como ele, não poderia ter deixado o futebol sem um presente tão grande como esse. 

Parabéns Rivaldo por sempre ser correto e profissional, coroando a carreira de tantas glórias tendo a oportunidade de encerrar a carreira por cima, em um time do tamanho do São Paulo. E parabéns também ao “tricolor do Morumbi” por colocar em sua história mais uma página que será escrita com um futebol muito bem jogado.

Franco Junior

Publicado em Uncategorized | 4 Comentários

A Luta pela Libertadores

A Luta pela Libertadores

Quarta-feira inicia-se o sonho corintiano. Na continuação de seu centenário, o “Timão” coloca todas suas forças e esperanças nessa conquista: A Libertadores da América.

Essa é a busca mais importante para o clube, a única pendente. O Corinthians tem uma das maiores salas de troféus do Brasil, mas ainda falta essa única “bendita”.  Além disso, também é a vitória mais exigida pela torcida. A “fiel” sonha em gritar “É Campeão”, da Libertadores, mais do que qualquer outra coisa.

Após ter investido muito em 2010 e o resultado não ter sido o esperado – o time foi desclassificado na segunda fase – em 2011 as coisas começaram diferentes. O time não contratou nenhuma estrela para o elenco, nem mesmo repôs uma peça importantíssima, Elias foi vendido ao Atlético de Madrid. É com “apostas” que o Corinthians vai com tudo lutar por essa conquista.

Esse é o ano de despedida de Ronaldo, provavelmente também o de Roberto Carlos. Campeões de todos os títulos que disputaram querem fazer por onde também no torneio Continental. O único que falta na carreira de ambos. E se depender de vontade eles levarão para casa esse caneco.

A nação corintiana clama pela conquista da América, é uma ansiedade que pode atrapalhar o time, como fez em 2010 e nas outras oportunidades. Mas não fica por menos, o Corinthians é o único time do quarteto paulista – Palmeiras, Santos, São Paulo e Corinthians – que não levantou esse caneco.

Para que a bola role para valer na Libertadores primeiro o Corinthians disputa a fase preliminar. A vaga já é dada como certa por muita gente. Mas ninguém ganha ou conquista nada sem fazer por onde. E é com esse espírito que os guerreiros vão à batalha contra o Tolima-COL vestidos de preto e branco. A primeira será amanhã, 26 de janeiro de 2010, às 22 horas (horário de Brasília), no Pacaembu. E a volta será na próxima quarta-feira (02 de fevereiro) na Colômbia.

O Corinthians tem sim totais condições de passar por essa primeira guerra e levantar a taça no fim. Precisa apenas segurar a ansiedade tanto do time, quanto da torcida. A grandeza do “Timão” merece essa conquista.

Então torcedor vá com calma e apóie seu time, com toda sua força e energia. Só assim se pode ajudar na conquista desse tão sonhado titulo.

Franco Junior

Publicado em Uncategorized | 8 Comentários

FINAL DA NOVELA GAÚCHA

E chega ao fim a “Novela Gaúcha”. Depois de cenas de muita tensão e falsidade está encerrada a novela. E final feliz para os cariocas, Ronaldinho Gaúcho é do Flamengo.

Se vai dar resultados e levar o Flamengo aos títulos ou se ele vai continuar fazendo o que fez na Europa, desde 2006 “não é mais jogador”, ninguém sabe. Mais essa foi a maior contratação do futebol Brasileiro junto com Ronaldo Fenômeno, pelo Corinthians.

Foram capítulos de muito suspense, desencontros e muita falsidade. Principalmente os finais.

No final de dezembro de 2010 o empresário do jogador, seu irmão Assis, teve uma conversa com os empresários do Palmeiras e ali “bateu o martelo” positivamente para o time do Parque Antártica.

A partir daí foi uma verdadeira “PASSIONE”. No dia 02 de janeiro em uma churrascaria no Rio de janeiro, Roberto Tadeu, empresário do Palmeiras na negociação, foi novamente falar com Assis e a conversa mudou do avesso.

Mesmo tendo dito em “off” em dezembro que estava selada a negociação, o Palmeiras teve a surpresa em saber que o “leilão” tinha começado.

Grêmio e Flamengo entraram na disputa e Assis voltou atrás e abriu as negociações. Em um dia dizia que Ronaldinho estava acertado com o Grêmio, no outro com o Flamengo, e por fim o enganado com a falsa notícia era o Palmeias.

Isso acontecia todo dia. Os mesmos episódios. Parecia até “Vale a pena ver de novo”.

Após vários desses capítulos a primeira atitude certa. E não foi do jogador e nem do empresário dele. O Grêmio pegou seu “chapéu” e saiu de cena. Atitude corretíssima, ainda mais depois de Assis ter dito que o negócio estava sacramentado com eles e não comparecer à reunião para sacramentar oficialmente.

Vendo essa atitude correta o Palmeiras fez igual. Pegou seu “chapéu” e seu “charuto” e foi apreciar sua macarronada e um belo vinho italiano sozinho. Deixando o leilão de lado.

Isso abriu as portas para o Flamengo que não perdeu tempo e fechou com o jogador. Mesmo com a cara de pau de Assis, que ligou antes para dirigentes de Grêmio e Palmeiras, para saber se ainda gostariam de participar do “leilão”.

Mais já tinha sido o final. Ronaldinho é do Flamengo. Comemore “Nação rubro-negra”. O jogador duas vezes eleito melhor do mundo está de volta ao Brasil e está no seu time, no Flamengo.

Agora é esperar para ver como será seu desempenho. Atleta brilhante ou “garoto da night”. O que resta é torcer.

Franco Junior

Publicado em Uncategorized | 5 Comentários